sábado, 2 de março de 2013

FAVA ENVENENADA


Recebi de meu amigo Lucídio Leitão uma mensagem bem nordestina que expressa o cheiro de chuva no massapê seco e que nos faz lembrar causos engraçados de nossa terra. 

Mas a princípio, gostaria de descrever o Lucídio. Antes de colega de trabalho, um amigo que sabe cativar pela sua presteza, fraternidade e bom humor. Antes de capacitado engenheiro mecânico,  também é eletricista e civil, pois em suas obras, projeta cada detalhe como um exímio artesão. Antes de bom cavalgador de burra, um excelente vaqueiro e isto se mede na quantidade de troféus. Só perde para seu filho, Tiago Leitão. 

video

Burra do Lucídio - Aquiraz-CE

E porque não dizer de seus dons culinários. Visitar seu sítio no Aquiraz é um fazer um passeio gastronômico: do porco torrado ao carneiro guisado; do peixe dourado ao capote na lata; do torresmo sequinho ao baião com nata. 
E para conversar com os amigos, deixa na sua cozinha substitutos à altura como os cheffs Totô, Abílio e até o Faustinho.

Saindo  do  trabalho


Eis a mensagem que recebi deste engenheiro vaqueiro:

Hoje, no intervalo do almoço, estivemos, eu, o Gonçalo, o Expedito e o Evandier, conversando sobre as coisas do sertão e daí saiu a conversa sobre as comidas regionais e nessa ocasião se falou sobre Fava com toicinho e mocotó de porco.

De imediato recordei de um arroz que o Gonçalo me trouxe da Várzea Alegre, da sua lavra, o qual eu comi com fava, inclusive cheguei a registrar o momento em que iniciei o fazimento desses pratos (na garrafa verde tá o arroz do Gonçalo e na transparente a fava).



Também nesse momento me veio a mente o conto da Fava Envenenada relatada num cordel dos bons, embora esse relato não tenha nada a ver com a fava por mim preparada, vejam abaixo. Muito engraçado.

A FAVA ENVENENADA :

EU PRA MUDAR O CARDAPIO
SAI CEDINHO PRA FEIRA
COMPREI DOIS KILOS DE FAVA
GRAUDA  E CONZINHADEIRA
MANDEI BOTAR NA PANELA
COM PÉ DE PORCO E COSTELA
E ELA FICOU DE PRIMEIRA

                 *
LA PELAS DOZE DA  NOITE
EU COM FOME DANADA
BOTEI OS PRATOS NA MESA
CHAMEI LOGO A FILHARADA
TAVA UM CHEIRO DE PIQUI
EU DISSE SÓ SAI DAQUI
DEPOIS DE UMA BARRIGADA

              **
O MEU MENINO CAÇULA
SE VECHOSSE COM O CHEIRO
PORQUE A  MINHA SENHORA
CAPRICHOU BEM NO TEMPERO
ELE QUE É BEM CALADO
MAS NAO SE FEZ DE ROGADO
COMEÇOU  COMER PRIMEIRO
      
               ***
NA PRIMEIRA  COLHERADA
O BAIXIM FICOU ZANOI
LEVOU AS DUAS MAOS NA BOCA
EU  PREGUNTEI O QUE FOI?
UM DISSE É PORQUE TA QUENTE
OUTRO MAIS ESPETIMENTE
DISSE É PIMENTA DO MÔI
               ****
DISSE EU DEIXA COMIGO
QUE VOU SABER O QUE É
MAS QUANDO COMI UM POUCO
FIZ TAMBEM UM RAPAPÉ
COMECEU A PASSAR MAL
A FAVA AMARGAVA IGUAL
 A CABACINHA E COITÉ

         *****

MANDEI BOTAR NO CHIQUEIRO
O PORCO TRAVOU O FOCIM
AS GALINHAS FOI EMBORA
MEU CACHORRO LEVOU FIM
A GATA PERDEU A CRIA
A ONDE O CALDO CAIA
MORREU ATÉ O CAPIM
        ******

E DEPOIS  DO CAPIM MORTO
VEIO UMA VACA QUE COMEU
CAIU EM CIMA DO RASTRO
ATÉ URUBU MORREU
EM CASA FOI UM LAMENTO
O COITADO DO JUMENTO
CEGOU MAIS SOBREVIVEU

          ******

O RESTO DA FAVA CRUA
EU  JOGUEI LA NO TERREIRO
MEU VIZINHO LEVOU PRA CASA
E PLANTOU NO TABULEIRO
DIZ QUE É BOA QUE VENO
NUNCA MAIS  COMPROU VENENO
TA MATANDO É FORMIGUEIRO
            **********

MEU CAÇULA HOJE É RAPAZ
JA TA TRABALHANDO FORA
LAÇA GADO AMANSA BURRO
CORTA O BRUTO NA ESPORA
COM LICENÇA DA PALAVRA
SE ALGUEM FALAR EM FAVA
O COITADO TREME E CHORA

              *******

PRA LHE FALAR A VERDADE
A COISA TÁ RUIM AGORA
SE CHEGO EM CASA COM FAVA
A MULHER QUE ME ADORA
POR MAIS QUE ESTEJA FELIZ
FICA TRISTE CHORA E DIZ
VALEI -ME NOSSA SENHORA !!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário